Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ruiva de Olhos Verdes

Ruiva de Olhos Verdes

Hobbies (Parte 1 - Religião)

Quando comecei a escrever este post chamei-lhe apenas Hobbies. A meio da história de vida, reparei que ia em 3 páginas word! Solução? Dividir isto em partes. 

Aqui vão eles:

 

Parte 1 - RELIGIÃO

 

  • Catequese

Como todas as crianças aqui da zona, também eu fui à catequese. Como poucas crianças aqui da zona, fiz a caminhada toda, do início ao fim (bicho raro!).

Motivo: era quase obrigatório por estes lados. A inscrição era feita na escola. 

Duração: 11 anos.

Efeitos: Todos os que vão ser listados de seguida.

 

  • Catequista:

Também se mantém até hoje, embora em moldes diferentes.

Motivo: A minha mãe era catequista, uma das minhas irmãs era catequista, o meu pai já interessado em religião e na altura era ministro da comunhão... 

Duração: vou apostar para... uns 15 anos?

Efeitos: Hoje em dia não sou catequista mas animadora da pastoral juvenil. Às sextas à noite junto-me com cerca de 20 jovens e discutimos de formas dinâmicas temas sociais, participamos em atividades a nível arciprestal, diocesano ou nacional e sinto orgulho na relação que estabeleço com eles e nos valores que partilhamos.

 

  • Escuteiros:

Sim, fiz parte do grande e fantástico CNE.

Motivo: a rapariga popular da minha turma andava nos escuteiros e convidou-me (a ser sincera, temos de dizer que um rapaz ligeiramente mais velho e jeitoso por quem eu babava também).

Duração: um ano

Efeitosembora tenha deixado os escuteiros por ter de optar entre estes e as aulas de música (que sofreram alteração de horário), tenho consciência que foi uma ótima escola de vida. Aconselho vivamente para ajudar na aquisição de valores! 

 

  • Coro da Igreja:

Este é daqueles que se mantém...

Motivo: a minha irmã casou-se nesse ano e a família juntou-se para animar a cerimónia e assim poupar uns trocos. Uma prima (daquelas que são tão afastadas que nunca mais se vêem) tocava orgão e eu fiquei fascinada.

Duração: já dura há 16 anos.

EfeitosPrimeiro vamos assumir que eu não sei viver sem música, seja cânticos de Igreja ou música Rock (cenas dos próximos episódios). Este hobby confere-me a responsabilidade de ensaiar as guitarras, as vozes, escolher os cânticos, preparar a apresentação em powerpoint, manter a motivação, marcar ensaios, ... Parece doloroso, mas é só uma vez por mês! 

 

  • Grupo de Jovens:

Ora, tanta coisa ligada à religião… não é?

Motivo: Fui incentivada a participar nas reuniões, gostei e fui ficando.

Duração: 9 anos

Efeitos: Uffaaa... Planeamento de tempo, organização de eventos, gestão de conflitos, promoção de motivação, recrutamento de jovens, auto-reflexão, curso superior de “Como-lidar-com-a-crítica-de-quem-nada-faz?” e de gestão de stress (sobretudo gestão de stress!)

 

  • Duo-coisa:

Na falta de melhor nome para lhe chamar (vendo bem, devíamos arranjar um nome)!

Motivo: Na saudade de bons tempos em que o um grupo de amigos se juntava e bastava uma guitarra para fazer a festa, desafiei um colega de trabalho que toca umas modas para nos juntarmos e fazer umas brincadeiras musicais. Entretanto, fui convidada para cantar num casamento. Juntando o útil ao agradável…

Duração: há 5 meses

Efeitos: um amigo novo, ensaios cheios de música e boa disposição, desafios novos, 3 casamentos agendados (zero publicidade) e uns trocos extra na carteira.

 

 Há outro(a) "menino(a) da sacristia" orgulhoso(a) por aí? 

 

A OUVIR: DEOLINDA | SEJA AGORA